Terceira etapa do Conectando Laços é encerrada com entrega de book

Terceira etapa do Conectando Laços é encerrada com entrega de book

Mães assistidas pelo projeto ‘Conectando Laços’ foram contempladas, na segunda-feira (20), com um book fotográfico contendo imagens de quando estavam gestantes e, também, já com seus bebês nos braços. Além do book, elas ganharam porta-retratos. A entrega às mães pela Prefeitura de Alcântara, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, da Mulher e da Igualdade Racial / SEMDS, marcou o encerramento da terceira etapa do projeto, que iniciou com o ensaio fotográfico das gestantes.

A Secretária Municipal de Assistência Social, Flor de Maria, explica que o ‘Conectando Laços’ nasce com o propósito de gerar laços no sentido da gestação do feto, laços com a criança que será acompanhada, com a mãe e com a família. O projeto objetiva também a questão da autoestima das mães.

Primeira etapa do projeto compreendeu maquiagem e ensaio fotográfico das gestantes. Em seguida, o ensaio com os bebês. Todo o projeto culminou com a entrega dos books. Trezes gestantes participaram da primeira etapa. Na segunda, outras se juntaram ao grupo e, no total, 21 gestantes e 13 bebês foram fotografados. Cada mãe recebeu seis fotos do seu ensaio fotográfico e mais seis com o bebê, além do porta-retratos.

“Há uma quebra de paradigmas porque na verdade nunca ocorreu isso na cidade”, diz Flor de Maria, ao explicar que ‘encerrou essa etapa 2021 do projeto, mas que ele continua’. “Elas engravidam e a partir do sétimo mês recebem o kit enxoval, ensaio fotográfico, nascimento do bebê e entrega do book”.

Para Flor de Maria, o ‘Conectando Laços’ significa a realização de sonhos. “É algo que eu não tive e que muitas outras mães pobres não tiveram – esse acompanhamento. Tenho uma ou duas fotos da minha gestação… estamos realizando sonhos, conectando laços, proporcionando felicidade. De maneira pessoal, o que eu gosto de fazer é proporcionar a felicidade das pessoas. Quando vejo a alegria no rosto de uma família, de uma criança, de uma mãe que vem agradecer, sei que impactei com a felicidade. Só isso me basta. Não precisa de dinheiro, honrarias… Só ver as pessoas felizes já é minha felicidade.”

Vanessa Oliveira, assessora técnica da SEMDS acredito que, além de uma lembrança, de ser fruto de um trabalho, o projeto vai além da fotografia, porque ele advém de um programa, que quer justamente fazer o acompanhamento não apenas da gestante, mas das crianças, independente de bebê ou não para observar o desenvolvimento por meio das atividades realizadas.

“Estamos falando da primeira infância no SUAS – do 0 aos 6 anos de idade. Há a subdivisão: do 0 aos 3 (para crianças que não tem necessidades especiais e não recebem benefício do BPCA – Benefício de Prestação Continuada), e do 0 aos 6 para crianças que ficaram órfãs de pai e mãe, e crianças com medidas protetivas, que são levadas ao Conselho Tutelar e ou Promotoria. Depois dos 3 anos há o desligamento e uma ficha de avaliação conta como era a criança antes do acompanhamento e como está ‘hoje’.”

ENTENDA

O ‘Conectando Laços’ é um projeto idealizado como uma forma de marcar a passagem da gestante e das crianças pelo programa Criança Feliz, do Ministério da Cidadania, e que atende crianças de 0 a 3 anos de idade, e de 0 a 6 quando apresentam algum tipo de deficiência e são beneficiárias do BPC (Benefício de Prestação Continuada), além da gestante. O projeto fortalece vínculos familiares entre os bebês e as mães.

ASCOM - ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ALCANTARA